Se quer fazer poemas, diga o que vai na alma, se quiser algum poema em especial peça que nós teremos todo o gosto em ajudar. Ao longo do site tem vários poemas para as diversas ocasiões, imagens, vídeos e muito mais. Desfrute ao máximo o nosso site.

Sábado, 26 de Setembro de 2009
Poema - Coisas do nosso passado

Coisas do nosso passado

 

Vívi a minha vida para estar do teu lado
lembro-me de cada momento
penso...
nas coisas do nosso passado
recordo em todos os minutos,talvez segundos
cada pedaço teu
queria poder ter de volta,em cada momento meu
o teu toque
o teu beijo
o deseijo
o teu cheiro
queria poder ter de volta cada pedaço teu
de cada vez que fecho os olhos
perco-me na ilusão de te poder ver
de poder por momentos acreditar que o passado
voltou a trás
e que talvez no meio dos minutos,talvez segundos
poderiamos mudar um pouco daquilo que foi nosso
talvez por momentos tudo é felecidade
carinho e amizade
ternura,amor e paixão
pedaços de mim e de tí
entrega...enfim...recordação
Amei-te
com todas as minhas forças
Amei-te...
são coisas minhas
coisas do nosso passado...

 

 

Fonte: www.weronline.com



publicado por FFHF às 20:13
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2008
O quanto te amo

 

Quando vi você pensei que ia ter um ataque cardiaco, meu coração estava a mil. me apaixonei no primeiro olhar, não consegui evitar, queria ter você pra mim, queria namorar com você, mas não sabia como dizer, toda vez que falo com você ou chega alguem pra atrapanhar ou não consigo falar, fico gageijando, me embaraço todo. fico preso num pensamento você mim ama, isso não sei, mas eu te amo.

 



publicado por FFHF às 23:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 25 de Dezembro de 2007
Poemas de Amor

!!! !!!

Fagulha


Quando tudo parece morrer,

quando tudo parece terminar,

surge essa estranha fagulha,

fazendo nosso amor incendiar.


Renascendo, assim, quase do nada,

do sem querer querendo demais,

dos pequenos momentos vividos,

que não esqueceremos jamais.

Brota de nossas almas sofridas,

cansadas de tanta dor,

tentando amenizar as feridas,

às custas desse novo amor.


Faz sentimentos, já esquecidos,

ressurgirem fortalecidos,

a cada pequeno reencontro

que porventura acontece.


Faz as emoções voltarem fortes,

na mesma intensidade de outrora

provando que dentro do peito,

escondido, esse amor ainda mora.


Mora, nesse nosso peito desastrado,

que se atrapalha feito criança,

diante desse amor inusitado.


Que não sabe decidir

entre o sim e o não,

deixando enfraquecer

lentamente, essa paixão.


E, quando tudo parece morrer,

quando tudo parece terminar,

surge essa estranha fagulha,

fazendo nosso amor incendiar.



!!! !!!


publicado por FFHF às 18:11
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 4 de Setembro de 2007
Poemas de Amor
!!!!#!!!!!!
Amor


Eu te amo e nada mais
Se pra você é pouco
Me desculpe
Mas não posso fazer nada
A não ser te esquecer
E fingir que você nunca fez parte de minha vida.

Se você só quer brincar
E acha que eu sou boba
E não vou perceber
Espera pra ver
Um dia eu percebo
E você amor, já era.

Mas se seu amor for verdadeiro
E se realmente você quer me fazer feliz
Amor eu só posso agradecer
Pois seu amor para mim é importante
E sem ele eu não saberei viver,
Mesmo sendo só de brincadeira
Ou amor verdadeiro.
Se você me deixar
Juro que de mim você irá tirar o chão
As cores
As pessoas já não irão mais ter a mesma importância
Você de mim irá tirar a vida.

Por isso amor
Eu só lhe peço
Fica sempre comigo
Mas se for pra me fazer sofrer
Tudo bem eu entendo e tentarei viver sem você
E se for o amor verdadeiro
Eu só lhe agradeço
Por me fazer à mulher mais feliz do mundo.

Autor: Raquel Baade


!!!!!!!!!!

Assim é a paixão!!


Neste momento penso em você,
ainda sinto seu cheiro...
vejo seu sorriso...
tudo como se ainda estivesse com você.

Faria tudo para tê-la novamente,
sentir sua pele, seu beijo...
ouvir aquela respiração ofegante
ou somente para vê-la, como sempre, elegante.

Poderíamos não falar nada
só estar com você seria pleno,
e entraria, outra vez, naquele mundo veneno,
um mundo repleto de paixões
que fez bater forte nossos corações.

Queria me transformar em vento
para bater agora em sua janela
como uma brisa fresca,
e se você me permitisse entrar
sua face com leveza tocaria,
sua boca macia beijaria,
no seu ouvido, sopraria mansinho
e te embalaria no meu carinho.

Mas eu não sou vento,
agora sou só pensamento
e estou pensando em você
desde o momento
que você disse: “PENSA EM MIM”...
e eu respondi” A CADA DIA”,
e estou assim.

Você não sabe mas está comigo,
e não importa onde se esconda
porque eu a vejo em pensamento
com toda maciez neste momento.

E então, bela menina veneno,
quero te dar o que me tem na alma...
um carinho profundo,
o meu olhar brilhante,
e antes do fim do mundo
esta paixão penetrante.

Você passou em minha vida
deixando marcas profundas em minha alma,
marcas como tatuagens
as vezes tento apagá-las,
mas percebo que não são possíveis...
...são definitivas.

E finalmente me contento,
pois levarei além da minha morte
todo aquele momento,
com seu cheiro...
...seu beijo...
...sua face...
... VOCÊ.



publicado por FFHF às 23:09
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

mais sobre mim
Contactos:
flavio1988@sapo.pt
links
posts recentes

Poema - Coisas do nosso p...

O quanto te amo

Poemas de Amor

Poemas de Amor

tags

07(3)

2007(4)

2008(2)

amor(8)

aniversário(2)

aniversario(2)

blog(5)

blogs(5)

brasil(4)

conquista(3)

destaques(2)

diversos(6)

eu(3)

fim de ano(1)

fórum grátis(1)

forumvila(1)

fotos(2)

frases(4)

frases de amor(5)

homem(5)

humor(6)

imagens(2)

internacional(6)

miguel troga(1)

mulher(6)

nacional(7)

noticias(4)

notícias(4)

novidades(9)

novo ano ano de 2008(1)

paixão(4)

paixao(3)

photos(2)

poema(7)

poemas(8)

poemas de amor(5)

poemas de aniversario(1)

poesia(8)

portugal(6)

romantico(4)

vida(7)

voda(2)

todas as tags

subscrever feeds
Quando esqueceres o meu nome Quando todos os rostos parecerem o mesmo Procura-me de manhã, quando acordares Procura-me de manhã, então despertarás Se pelo menos eu não me magoar Vou encontrar-te do outro lado Vou encontrar-te na luz Se pelo menos eu não sufocar Vou encontrar-te de manhã quando acordar Apaixonado, amargo e com o coração partido Enquanto dói, espero a vida começar Procura-me de manhã, quando acordares Procura-me de manhã, então despertarás Se pelo menos eu não me magoar Vou encontrar-te do outro lado Vou encontrar-te na luz Se pelo menos eu não sufocar Vou encontrar-te de manhã quando acordar